Publicidade
|
Galeria de Fotos Horóscopo Novelas Vídeos Email: redacao@fatoafato.com.br
Empreendedor Entrevistas Email: redacao@fatoafato.com.br
Novelas

Haja Coração
Globo - 19h
Texto:
Resumo da Semana

Segunda, 07 de novembro


Bruna põe fogo no chalé e deixa Giovanni em perigo. Bruna fica ainda mais descontrolada depois que Camila chega para libertar o rapaz. Apolo e Tancinha se perdoam e o piloto propõe um recomeço. Bruna atira contra Camila, mas percebe que a arma está sem munição. Shirlei e Carmela se encontram e converdam novamente em uma cafeteria. Carmela, Jéssica e Vitória sofrem grave acidente de carro - Tragédia acontece depois que a mãe de Felipe descobre que Carmela vai entregá-las para a polícia. Tancinha procura Fedora na feira para acerto de contas. Rebeca (Malu Mader) decidiu perdoar Aparício (Alexandre Borges) e se casar com seu grande amor. Felipe e Shirlei se casam. Tamara procura Apolo e diz que vai embora de São Paulo.


Terça, 08 de novembro


Leonora decide revelar a identidade da Mulher Toupeira em um programa de televisão, alcança o estrelato e assume relacionamento sério com Adônis. Apolo vence a corrida, se torna o campeão da temporada e comemora com Tamara e Tancinha. Shirlei anuncia gravidez, na volta da lua de mel. Tancinha pede desculpas para Fedora e a ensina como vender na feira. Penélope descobre que está grávida de Henrique. Tamara abre um abrigo no Nordestese e realiza em trabalho social com órfãos. Tancinha realiza sonho da mãe de se apresentar no Municipal para surpresa de Francesca. Teodora transfere bens para Aparício, compra a ilha, rapta Tarzan e volta para ilha com ele.


Do Tv Novelas

Compartilhe:
 
Confira também:

»A Terra Prometida

»Êta Mundo Bom

»Cúmplices de Um Resgate

»Fatmagül

»Liberdade, Liberdade

»Malhação

»Velho Chico

 
 
 
Editorial do dia

Luciano e a linha tênue de 2017 e 2018

Recém-eleito prefeito da maior cidade da Paraíba, já no primeiro turno, Luciano Cartaxo precisará exercitar toda paciência, cautela e bom senso para conviver com as obrigações com João Pessoa (que são muitas) e com os ventos naturais que sopram para uma candidatura ao Governo do Estado.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Mais lidas