Publicidade
|
Cidades

Casal de prefeitos da PB abandonam as duas cidades que administram
15.08.2013 enviado às 23:48
Texto:

MAMANGUAPE (PB) - Um casal de prefeitos do ‘Vale do Mamanguape’ abandonaram as cidades que administram. A denuncia é do vereador de Cuité de Mamanguape, Djair Magno (PSB), contra Isaurininha Meireles (PMDB) e Eduardo Brito (PR). Ela é prefeita de Cuité de Mamanguape e ele o prefeito de Mamanguape.

De acordo com o vereador, o casal não é visto nas cidades e os serviços públicos padecem com a falta de administração. Os prefeitos estariam vivendo entre atividades comerciais em João Pessoa e Natal-RN, sem escala nas cidades do Vale. “Eles sumiram, abandonaram as duas cidades”, disse Magno.

Djair denunciou que alguns servidores estão com salários atrasados em até quatro meses, disse que não existe uma data base para pagamento, e que gastos descritos no Sagres do Tribunal de Contas do Estado com infraestrutura de estradas não existiram em Cuité de Mamanguape.

O vereador afirma que os PSFs da cidade estão sem médicos e que no posto de saúde não existe se quer enfermeiro de plantão. O caos seria ainda maior nas unidades de saúde em distritos de Cuité.

O parlamentar afirma que o transporte de pacientes está sendo feito de forma irregular, em um tipo de ambulância que a Anvisa já proibiu, e que a viatura adequada está quebrada a cerca de seis meses.

Izaurininha e Eduardo estão em seus segundo mandato já que ambos foram reeleitos em 2012.

Do Mais PB

Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»Prefeitura de Guarabira paga folha de março nos dias 30 e 31

»Corpo de Dom Marcelo é velado na cidade de Guarabira

»NOTA DE PESAR! Família Paulino lamenta morte de Dom Marcelo

»Vereador Josinaldo quer curso de assistente pessoal para Pirpirituba

»WILSINHO! Vereador pede academia de saúde para o Nª. Sª Aparecida

»Neide solicita centro de atenção a mulher para o Bairro do Nordeste

»Morre em João Pessoa Dona Jandira de Araújo, mãe da primeira-dama de Guarabira Léa Toscano

»Marcelo Bandeira visita Cagepa e trata da qualidade da água em GBA

»Sem água em casa, população de Monteiro ameaça fechar comportas da Transposição

»Governo inicia obras da Escola Técnica de Guarabira nesta terça-feira

 
 
 
Editorial do dia

A partida de Marcelo, o “dom” da serenidade

Um engasgo na hora do jantar matou ontem à noite o arcebispo emérito da Paraíba, Dom Marcelo Cavalheira, de 88 anos, aquele em quem nunca faltaram palavras para pregar o amor, a paz e a tolerância entre os homens.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Mais Lidas