Publicidade
|
Política

Cássio pede que Paulino e Toscano revejam conceitos e pensem em projeto maior para Guarabira.
12.01.2017 enviado às 23:14
Texto:
GUARABIRA (PB) - O senador Cássio Cunha Lima (PSDB), em entrevista ao Programa Espaço Aberto da Rádio Cultura de Guarabira, na manhã desta quarta-feira (11), foi questionado sobre as alianças políticas no Brejo e na Paraíba.
 
Na oportunidade, Cássio fez referências ao município de Guarabira e pediu aos líderes políticos da cidade que revisem seus conceitos e pensem num projeto maior para a cidade.
 
O PMDB de Guarabira é liderado pelo ex-governador Roberto Paulino. Já o PSDB tem como líder o atual prefeito Zenóbio Toscano. O senador tucano se referiu a um possível acordo político em nível municipal.
 
Sem chances - O deputado Raniery Paulino disse não ter richa pessoal com o prefeito Zenóbio Toscano, nem com seus liderados, mas não aceita, por hipótese alguma, qualquer espécie de aliança política com o atual gestor e grupo partidária em Guarabira. 
 
Do Nordeste1 com Fato a Fato
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»Pacto federativo: bancada federal se reúne com prefeitos na Capital

»Senador Cássio defende repatriação por familiares de políticos

»Michel diz que briga entre girassóis e Zenóbio leva Guarabira ao retrocesso

»Veneziano defende Roberto Paulino na presidência do PMDB da Paraíba

»APÓS DETERMINAÇÃO DO STF, EUNÍCIO OLIVEIRA DEVOLVE À CÂMARA PACOTE ANTICORRUPÇÃO

»Camila Toscano é reconduzida a liderança da Minoria na ALPB

»Wilsinho rebate Jáder Filho sobre deputados federais votados em Guarabira

»Em pesquisa CNT/MDA, Lula bate adversários em todos os cenários

»Partido dos Trabalhadores da Paraíba realiza I Congresso da Juventude Petista em Belém

»PMDB adia reunião para discutir formação de bancada na Assembleia

 
 
 
Editorial do dia

Foro privilegiado

Foi o STF que considerou ilegais doações empresariais em campanhas, que reconheceu a união homoafetiva como “unidade familiar”, que descriminalizou aborto nos três primeiros meses de gestação, que estabeleceu corte de ponto de servidores públicos em greve,que aprovou prisão após condenação em 2ª grau, que reconheceu dupla paternidade de filhos adotados (dos pais biológicos e afetivos), que proibiu veto a tatuados em concursos...

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Santos
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Mais Lidas