Publicidade
|
Esporte

Léo Moura assina com o Grêmio e jogará a Copa Libertadores
11.01.2017 enviado às 00:50
Texto:
PORTO ALEGRE (RS) - O Grêmio anunciou nesta terça-feira a chegada do seu segundo reforço para a temporada. O lateral-direito Léo Moura aterrissou em Porto Alegre pela manhã, passou por exames médicos e já assinou contrato com duração de um ano. A data de apresentação do ex-jogador do Santa Cruz ainda não foi definida.
 
A contratação de Léo Moura foi um pedido do técnico Renato Gaúcho, que trabalhou com ele no Flamengo. O lateral fez história no clube rubro-negro, recebendo uma grande festa quando se despediu do clube, supostamente encerrando sua carreira no alto rendimento.
 
À época, já tinha 36 anos. Ele, entretanto, foi jogar na segunda liga dos Estados Unidos e na peculiar liga da Índia, repleta de jogadores em fim de carreira. No começo de 2016, estava no pequeno Metropolitano, de Santa Catarina.
 
Aos 37, porém, Léo Moura continuava atuando em alto nível. Tanto que se transferiu para o Santa Cruz, onde jogou como titular em 32 partidas do Campeonato Brasileiro. Apesar da idade avançada, mantinha a invejável forma física.
 
Nesta terça, na chegada a Porto Alegre, deu algumas declarações à imprensa e se comparou ao palmeirense Zé Roberto, afirmando que pretende jogar até pelo menos 42 anos. Com o Grêmio, terá um ano de contrato e buscará um título inédito na carreira: a Copa Libertadores.
 
Ao anunciar a contratação do veterano, o Grêmio lembrou que ele tem facilidade também de atuar no meio-campo, ampliando as opções de Renato Gaúcho. Antes dele, o clube havia contratado o volante Michel, do Atlético-GO.
 
De O Dia
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»Com um a menos, Corinthians supera erro do árbitro e derrota o Palmeiras

»Preparador acredita que ainda é cedo para Fabuloso estrear contra o Flamengo

»Lucas Pratto faz dois, pênalti compensa falhas e São Paulo vence São Bento

»Com arrecadação em jogo, Flamengo critica proibição de venda de mando de campo

»Vítima de racismo na Sérvia, brasileiro critica rivais: "Não pediram para parar"

»Rogério Micale é demitido pela CBF e não comanda mais a Seleção sub-20

»Flamengo vence o Madureira, segue 100% e pega o Vasco na semi do Campeonato Carioca

»Auto Esporte vence Treze por 2 a 1 no Campeonato Paraibano; Internacional e Atlético empatam na rodada

»Bloco dos Atletas desfila dia 22, faz homenagens e tem feijoada grátis

»Givanildo Oliveira é anunciado como novo técnico da equipe do Ceará para 2017

 
 
 
Editorial do dia

Recado mais que direto

O que aconteceu ontem na Assembleia Legislativa da Paraíba, até então, não fazia parte do cotidiano político do governador Ricardo Coutinho, pelo menos desde que este conseguiu a maioria esmagadora dos deputados para formar a ‘sua’ bancada. Sem a presença do líder Hervázio Bezerra, os parlamentares derrubaram dois vetos do socialista a projetos de lei. Um deles, por unanimidade.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Santos
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Mais Lidas