Publicidade
|
Policial

Comerciante é preso no Agreste da Paraíba com 1,8 mil maços de cigarros falsificados
11.01.2017 enviado às 00:00
Texto:
Carga de cigarros falsificada apreendida com o comerciante (Imagem: Da Net)
ALAGOINHA (PB) - Um comerciante foi preso no local em que reside, na cidade de Alagoinha, no Agreste da Paraíba, a 89 km de João Pessoa, após ser flagrado com um carregamento que continha 1,8 mil maços de cigarros falsificados que, segundo a Polícia Civil, eram oriundos do Paraguai. De acordo com o delegado Ricardo Sena, que atuou na ocorrência, a prisão ocorreu nessa segunda-feira (9), mas os investigadores só divulgaram o fato nesta terça (10) porque a apuração do comércio ilegal ainda estava em curso.
 
“Recebemos uma denúncia através do número 197 e agentes do Grupo Tático Especial da Polícia Civil foram a Alagoinha apurar o relato. Chegando lá, foi constatado o comércio irregular”, contou o delegado.
 
O homem preso alegou que já havia vendido parte do carregamento. “Ele comprava por cerca de R$ 700 e chegava a vender por R$ 1 mil”, afirmou Sena, revelando que, após a prisão do comerciante, a polícia investigou quem seria o fornecedor dele, mas o suspeito não foi encontrado até esta terça.
 
O comerciante foi ouvido na delegacia do GTE em Guarabira, a 98 km da Capital, autuado por descaminho e liberado após pagar fiança no valor de um salário mínimo.
 
Do Portal Correio
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»Corpo de Bombeiros resgata quatro corpos de trabalhadores que morreram em poço no Cariri

»Polícias Civil e Militar apreendem drogas e prendem duas pessoas no Bairro de Santa Terezinha em GBA

»Dono de bar é assassinado com seis tiros na cidade de Alagoinha, na região metropolitana de GBA

»Filho da deputada Daniella é assaltado e tem objetos pessoais tomados, em CG

»INSEGURANÇA E VIOLÊNCIA! Funkeiro e dois amigos são mortos em JP

»AÇÃO POLICIAL! Preso grupo suspeito que planejava incendiar comunidade na Capital

»MAIS VIOLÊNCIA! Irmão de vereador é morto a facada por amigo após briga e bebedeira em bar, na PB

»Vigilante é achado morto dentro da escola onde trabalhava em Campina Grande

»Sargento da PM é baleada durante assalto em parada de ônibus da Grande João Pessoa

»Marido tranca esposa e filho e ateia fogo em casa na Paraíba

 
 
 
Editorial do dia

Luís Pequinês, um guarabirense

Luís Paiva, antes de ser um guarabirense que se tornou conhecido e sem dúvida será lembrado por muito tempo, foi um nordestino que, como tantos outros, resolveu cedo buscar no “sul maravilha" as oportunidades negadas, por certo, em sua terra natal.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Santos
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Profº Jorge Lucena
Programa a Visão do Brasil
Mais Lidas