Publicidade
|
Saúde

Médicos são ameaçados e correm risco de morte no Trauminha de JP, diz Conselho Regional de Medicina
10.01.2017 enviado às 22:28
Texto:
O Trauminha fica em Mangabeira (Imagem: Da Net)
JOÃO PESSOA (PB) - O Conselho Regional de Medicina do Estado da Paraíba (CRM-PB) solicitou a instalação de um posto policial no Complexo Hospitalar Tarcísio Burity de Mangabeira, mais conhecido como Trauminha, que fica no bairro de Mangabeira, Zona Sul de João Pessoa. A solicitação ocorre após denúncias de que funcionários do local estariam sendo agredidos e ameaçados de morte.
 
Segundo o CRM-PB, existe a necessidade de salvaguardar a integridade e segurança de funcionários do local, que exercem suas funções sob ameaças de pessoas atendidas e familiares de pacientes.
 
O Portal Correio tentou contato com a direção do Trauminha para um posicionamento da unidade sobre a solicitação do CRM-PB, durante toda a tarde desta terça-feira (10), com vários telefonemas, mas até a publicação desta matéria a direção não foi encontrada.
 
Do Portal Correio
 
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»Edição de genoma produz porcos resistentes a vírus fatal

»Brasil tem 292 casos confirmados de febre amarela; mortes chegam a 97

»Por que a maneira como você cozinha o arroz pode ameaçar sua saúde

»Carlinhos Simões pede posto de saúde para comunidades de Pirpirituba

»Transplante de rosto dá nova chance a americano que atirou em si mesmo

»Brasil tem 80 mortes por febre amarela; 70 ocorreram em Minas Gerais

»OPINIÃO! Professor diz que sistema de saúde do Brasil está sucateado

»ALAGOINHA! Mãe apela por cadeira de rodas especial para filho deficiente

»Estudantes da PB criam projeto de chupeta que monitora saúde do bebê

»Raniery pede audiência afim de tratar da falta de remédio para diabéticos

 
 
 
Editorial do dia

Estilo Neide de Teotônio

Presume-se não ser apenas pelo sobrenome, mas o estilo de administrar o Poder Legislativo guarabirense da atual presidenta Neide de Teotônio tem sido pautado por mais elogios que críticas veladas, tanto da parte dos servidores da Casa quanto dos parlamentares.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Santos
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Mais Lidas