Publicidade
|
Paraíba

Chuvas atingem mais de 30 municípios e aumentam volume de apenas um açude; Veja vídeo
10.01.2017 enviado às 12:00
Texto:
Chuvas atingem Sertão e Cariri paraibano (Imagem: Da Net)
CAJAZEIRAS (PB) - Entre a segunda (9) e esta terça (10) choveu em 33 cidades da Paraíba, segundo dados da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa). Teixeira, no Sertão do estado, a 320 km de João Pessoa, foi o município com maior precipitação, onde houve 119 milímetros (mm), em um dia, um índice alto.
 
Os dados da Aesa apontam ainda que outras cidades do Sertão paraibano tiveram significativos registros de chuvas entre a segunda (9) e terça (10) como São José de Piranhas (100,2 mm), Patos ( 82,5 mm) Cajazeiras (78 mm) e Serra Grande (72 mm). Houve registro também em cidades do Cariri como Monteiro (22 mm), Ouro Velho (31 mm) e Prata (19,9 mm).
 
Apesar da expectativa para que a cidade de Boqueirão recebesse água, por conta de chuvas em Monteiro, o município onde fica o açude que abastece Campina Grande permanece em situação crítica e não recebeu recarga. Conforme dados da Aesa, Boqueirão caiu de 5% para 4,6% entre dezembro do ano passado e esta terça (10).
 
Segundo a Aesa, há previsão de chuvas com nebulosidade variável para a faixa litorânea, nesta quarta-feira (11), assim como para as regiões do Brejo e Agreste. Para as demais regiões do Estado (Alto Sertão, Sertão e Cariri-Curimataú), a previsão também é de chuvas isoladas com nebulosidade variável.
 
Patos
 
Em Patos, segundo o subtenente Aldeman, do Corpo de Bombeiros, houve destruição de imóveis, queda de três árvores e alagamentos de residências. Uma loja de veículos no bairro Jatobá e um depósito de uma usina antiga no Centro da cidade sofreram queda de paredes e tetos. Ninguém se feriu e os danos, apenas materiais, não foram contabilizados. A Defesa Civil do município foi acionada para atuar nas áreas de risco. “Choveu por cerca de 30 minutos apenas, mas a chuva foi forte e acompanhada de ventania”, contou o subtenente.
 
Monteiro
 
Em Monteiro, de acordo com a Polícia Militar local, nenhuma ocorrência relacionada à chuva foi registrada. A cidade registrou baixo índice de chuvas, com apenas 19 mm.
 
Açudes
 
A Aesa ainda não atualizou todos os dados referentes ao volume de açudes depois das chuvas na Paraíba. Conforme último levantamento da Agência, 28 reservatórios estão com capacidade armazenada superior a 20%; 27 estão em observação, com menos de 20% do volume total; e 72 encontram-se em situação crítica, com menos de 5%.
 
VEJA VÍDEO:
 
 
Do Portal Correio
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»JAMPA DIGITAL! Pâmela diz que RC é responsável e lhe pede explicações

»Ministro Kassab visita a PB nesta quinta e se reúne com Cartaxo e Romero

»Governo diz que número de homicídios caiu 12% em 2016 na Paraíba

»Comerciante tem 'escritório na praia' alugando guarda-sol e cadeiras

»Tôrres chama de oportunistas e demagogos quem critica aumento da Cagepa

»Acidente com caminhões e moto deixa ao menos 2 mortos e feridos no Brejo

»TCE inicia capacitação de Prefeituras e Câmaras municipais da PB

»Presidente do TJ da Paraíba assume Governo do Estado

»PB registrou 105 ataques a bancos em 2016, 20% a menos que em 2015

»Presidente do Clube dos Oficiais diz que Governo paga o pior salário do Brasil à Polícia Militar da PB

 
 
 
Editorial do dia

Luís Pequinês, um guarabirense

Luís Paiva, antes de ser um guarabirense que se tornou conhecido e sem dúvida será lembrado por muito tempo, foi um nordestino que, como tantos outros, resolveu cedo buscar no “sul maravilha" as oportunidades negadas, por certo, em sua terra natal.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Santos
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Profº Jorge Lucena
Programa a Visão do Brasil
Mais Lidas