Publicidade
|
Cidades

Neide de Teotônio implanta primeiras medidas na CMG; Veja quais foram
10.01.2017 enviado às 23:37
Texto:
Neide e esposo Antonio Teotônio. Ela presidenta da CM de GBA e ele presidente da OAB-Guarabira (Imagem: Assessoria)
GUARABIRA (PB) – Agindo de modo extremamente democrático, assim como atuou durante a campanha eleitoral, a presidenta da Câmara Municipal de Guarabira, vereadora Josineide Assunção (Neide de Teotônio – PPS), anuncia as primeiras medidas como forma de melhorar o funcionamento político-administrativo do Parlamento Mirim guarabirense.
 
 
Com exclusividade para Fato a Fato, Neide anunciou a retirada do vidro que separa a plateia do plenário, reunião com servidores para apresentação de plano de trabalho, elaboração do plano de gestão da Câmara Municipal tendo em vista o biênio 2017/2018 e visita ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) visando o cadastramento e obtenção de orientação sobre prestação de contas.
 
Comitê de Imprensa – Sobre a retirada do nome de Antonio Paulino Filho do Comitê de Imprensa, a presidenta negou que tenha tido pelo menos tal intenção. Pelo WhatsApp, Neide de Teotônio disse: “Quanto ao comitê jamais cogitei tal mudança. Não se pode tirar homenagem conferida a ninguém, muito menos a pessoa tão ilustre que foi seu Antonio Paulino. Inclusive era muito amigo do meu pai”, escreveu. 
 
A professora Neide de Teotônio, eleita vereadora mais votada da história politica de Guarabira, é também a primeira mulher a dirigir os destinos administrativos da Câmara Municipal na condição de presidenta. 
 
Da Redação/Fato a Fato
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»Carta de Campina Grande é apresentada a uma multidão de mais de 12 mil pessoas

»Wilsinho pede creche para o Alto da Boa Vista e aumento do servidor

»Michel cobra reforma do “Antenor Navarro” ao Governo do Estado

»CGU fiscaliza prefeituras da Paraíba e constata superfaturamento de merenda escolar

»OPOSIÇÃO APROVA REAJUSTE PARA OS PROFESSORES DE PIRPIRITUBA INSTITUIDO PELO MEC

»Marcelo Bandeira pede poços artesianos para zona rural de Guarabira

»PILÕEZINHOS! Prefeita Mônica Cristina paga servidor antes do carnaval

»Raniery pede a CEHAP solução para o conjunto dos radialistas de Guarabira

»Em açude seco, fiéis apelam à Santa por chuva no Cariri da PB

»Jovem cria vaquinha on-line para ajudar dono de ônibus incendiado

 
 
 
Editorial do dia

Saída de Padilha resolve problema do governo

Osmar Serraglio não foi uma má escolha para o ministério da Justiça. O presidente Temer teve que se render ao PMDB e escolheu uma pessoa que não é marcada pela cumplicidade e por isso mesmo não agradou a uma ala do partido.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Mais Lidas