Publicidade
|
Esporte

Cristiano Ronaldo vence prêmio da Fifa de melhor jogador do mundo
09.01.2017 enviado às 16:09
Texto:
É a quarta vez que CR7 recebe a honraria da Fifa (Imagem: Da Net)
ZURIQUE (SUIÇA) - O favoritismo se confirmou na festa de gala da Fifa, nesta segunda-feira, em Zurique: Cristiano Ronaldo superou Messi e Griezmann para receber o prêmio de melhor jogador do mundo em 2016. O Brasil saiu de mãos abanando. No Prêmio Puskás, o malaio Mohd Faiz Subri desbancou Marlone e levou o troféu de gol mais bonito. Entre as mulheres, a americana Carli Lloyd superou Marta como melhor jogadora do ano.
 
- O ano de 2016 foi o melhor ano da minha carreira. Foi magnífico, maravilhoso. Depois daquilo que ganhei com minha seleção, com o clube, não tinha dúvidas de que ganharia - disse Cristiano Ronaldo.
 
É a quarta vez que CR7 recebe a honraria da Fifa, em trajetória iniciada em 2008, quando ainda defendia o Manchester United (ING), e que teve dobradinha em 2013 e 2014 - época em que o prêmio esteve vinculado à Bola de Ouro, da revista "France Football". O português também recebeu a Bola de Ouro em 2008 e em 2016.
 
O prêmio da Fifa coroa um ano quase perfeito para Cristiano Ronaldo quando se trata de títulos. Com o Real Madrid, o atacante venceu a Liga dos Campeões da Europa, principal torneio de clubes do continente. Dois meses depois, em julho, ele liderou Portugal ao título da Eurocopa diante da França - embora tenha saído machucado no início da decisão.
 
Messi, tido como principal concorrente de Cristiano Ronaldo pelo prêmio de melhor do mundo em 2016, não foi à cerimônia da Fifa. Após ficar no empate com o Villarreal no domingo, vendo a distância para o líder Real Madrid ficar em cinco pontos no Campeonato Espanhol, o Barcelona vetou que seus jogadores viajassem a Zurique para o evento. A justificativa do clube catalão foi que o time deveria se preparar para o jogo de quarta-feira, pela Copa do Rei, contra o Athletic de Bilbao. O Barcelona perdeu o jogo de ida por 2 a 1 e precisa de uma vitória no Camp Nou para seguir na competição.
 
Entre as mulheres, a americana Carli Lloyd venceu pelo segundo ano seguido, superando a brasileira Marta e a alemã Melanie Behringer.
 
O malaio Mohd Faiz Subri, do Penang venceu a eleição popular do Prêmio Puskás pelo gol mais bonito de 2016. Com 59,46% dos votos, Subri superou Marlone, do Corinthians, (22,86%) e a venezuelana Rodríguez (10,01%), com um golaço de falta marcado pela Super Liga da Malásia sobre o Pahang.
 
A cerimônia em Zurique teve homenagens a Carlos Alberto Torres e Johan Cruyff, falecidos no ano passado, e à Chapecoense, que sofreu um acidente de avião que matou 71 pessoas, entre elas jogadores, comissão técnica e dirigentes do clube brasileiro, além de jornalistas. O Atlético Nacional, de Medellín, ganhou o prêmio Fair Play.
 
O Real Madrid dominou a seleção de 2016 da Fifa/FIFPro, com cinco jogadores. Apenas dois atletas - Neuer e Daniel Alves - atuam fora da Espanha. O Brasil marcou presença com os dois laterais: Dani Alves na direita e Marcelo na esquerda.
 
O 'time dos sonhos' do ano passado tem Neuer (Bayern), Daniel Alves (Juventus), Piqué (Barcelona), Sergio Ramos (Real Madrid) e Marcelo (Real Madrid); Modric (Real Madrid), Kroos (Real Madrid) e Iniesta (Barcelona); Messi (Barcelona), Suárez (Barcelona) e Cristiano Ronaldo (Real Madrid).
 
O italiano Claudio Ranieri, que conduziu o Leicester ao surpreendente título de campeão inglês, levou o prêmio de melhor técnico de 2016. Entre as mulheres, Silvia Neid, da seleção da Alemanha, foi a vencedora.
 
De O Globo Online
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»Botafogo busca zagueiro e negocia empréstimo de Paulão, do Internacional de Porto Alegre

»Na caça de um volante, Atlético Mineiro está perto de contratar Elias, diz jornal

»Botafogo vence de virada e Atlético ganha do Sousa; veja classificação do Paraibano

»São Paulo vence Corinthians nos pênaltis, em jogo com briga e duas expulsões

»Diretoria do Flamengo encaminha acordo com a Globo para o Campeonato Carioca

»Morre aos 77 anos Carlos Alberto Silva, ex-treinador da Seleção Brasileira de Futebol

»Zé Ricardo acerta detalhes para amistoso do Fla contra o Vila Nova

»Corinthians despacha Fla, e Copinha terá campeão de São Paulo

»Tite convoca seleção apenas com 'brasucas' para amistoso contra a Colômbia

»Argentino Diego Maradona alfineta Pelé durante evento realizado na Itália

 
 
 
Editorial do dia

O atropelamento do agente de trânsito

Em João Pessoa, Capital do Estado da Paraiba, não se fala em outra coisa senão no inaceitável atropelamento seguido de morte do Agente de Trânsito, Diogo Nascimento, pelo executivo Rodolpho Carlos, na madrugada de sábado passado, ao fugir de uma Blitz.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Santos
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Profº Jorge Lucena
Programa a Visão do Brasil
Mais Lidas