Publicidade
|
Esporte

Sidão é apresentado pelo S. Paulo e lembra ligação de Ceni: "Emocionante"
09.01.2017 enviado às 12:57
Texto:
Sidão, que vai vestir a camisa 12, é apresentado por Marco Aurélio Cunha (Imagem: Marcelo Prado)
SÃO PAULO (SP) - O goleiro Sidão, apresentado na manhã desta segunda-feira pelo São Paulo, terá sua inspiração no banco de reservas do time – e como seu chefe. O jogador, que está com o elenco em Bradenton, nos Estados Unidos, onde a equipe faz pré-temporada, quer fazer com o que clube volte a ser vencedor como na época em que o hoje técnico Rogério Ceni defendia o gol tricolor.
 
O jogador de 34 anos se destacou no ano passado, quando foi vice-campeão paulista pelo Audax. Depois, foi titular do Botafogo no Campeonato Brasileiro.
 
– Vou trabalhar com todos os companheiros de grupo para que o São Paulo possa ser tão vencedor como quando ele (Ceni) era atleta – disse Sidão, em entrevista coletiva.
 
Foi o treinador quem fez contato com o atleta para que ele se transferisse ao São Paulo. A aproximação do maior goleiro da história tricolor foi fundamental para que o negócio fosse concretizado.
 
– Foi emocionante. Eu estava concentrado com o Botafogo para garantir a vaga na Libertadores e ele acabou me ligando. Ele colocou o que ele pensava, que eu tinha condições de vestir a camisa do São Paulo, mas que eu não estaria chegando para ser titular, que eu teria que conquistar meu espaço. E é isso que estou fazendo – contou.
 
Uma das características de Sidão é jogar com os pés – algo que Ceni fazia como poucos antes de se aposentar. Para o novo arqueiro do time, porém, isso não o coloca em vantagem na briga pela posição.
 
– Essa é uma das características que eu tenho, uma das qualidades. Acho que eu não posso ser lembrado só por essa característica, mas esse foi um dos pontos positivos para que o Rogério optasse por me trazer para cá. Vai ser uma disputa sadia, a posição está aí para ser conquistada.
 
Sidão disputará a vaga com Denis e Renan Ribeiro, que já estavam no elenco – Thiago Couto também viajou à Flórida. A torcida saberá quem está na frente no próximo domingo (15), quando o São Paulo disputará um jogo-treino contra o Boca Raton, em Bradenton.
 
Do G1
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»Flamengo vence o Bangu e garante vaga na semifinal do Carioca

»Ex-jogador do Botafogo-PB denuncia compra de juízes para favorecer time; assessoria jurídica nega

»RENATO TOSCANO! Vereador pede quadra esportiva para o São José

»Brasileiras da seleção de vôlei ameaçam entrar na Justiça contra ranking da Superliga

»Com dupla de "Diegos", Tite convoca seleção para jogos contra o Uruguai e Paraguai

»PAULISTA 2017! Classificado, Corinthians sofre gol irregular e perde para a Ferroviária

»Vizeu marca no último minuto e dá vitória do Fla contra o Resende

»Ministério da Defesa quer apoio privado para esporte militar

»CRISE EM SÃO JANUÁRIO! Após eliminação na Copa do Brasil, Cristovão não é mais técnico do Vasco

»Desorganizado, time do Vasco da Gama perde para o Vitória da Bahia e está fora da Copa do Brasil

 
 
 
Editorial do dia

Luciano e a linha tênue de 2017 e 2018

Recém-eleito prefeito da maior cidade da Paraíba, já no primeiro turno, Luciano Cartaxo precisará exercitar toda paciência, cautela e bom senso para conviver com as obrigações com João Pessoa (que são muitas) e com os ventos naturais que sopram para uma candidatura ao Governo do Estado.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Mais Lidas