Publicidade
|
Esporte

Sidão é apresentado pelo S. Paulo e lembra ligação de Ceni: "Emocionante"
09.01.2017 enviado às 12:57
Texto:
Sidão, que vai vestir a camisa 12, é apresentado por Marco Aurélio Cunha (Imagem: Marcelo Prado)
SÃO PAULO (SP) - O goleiro Sidão, apresentado na manhã desta segunda-feira pelo São Paulo, terá sua inspiração no banco de reservas do time – e como seu chefe. O jogador, que está com o elenco em Bradenton, nos Estados Unidos, onde a equipe faz pré-temporada, quer fazer com o que clube volte a ser vencedor como na época em que o hoje técnico Rogério Ceni defendia o gol tricolor.
 
O jogador de 34 anos se destacou no ano passado, quando foi vice-campeão paulista pelo Audax. Depois, foi titular do Botafogo no Campeonato Brasileiro.
 
– Vou trabalhar com todos os companheiros de grupo para que o São Paulo possa ser tão vencedor como quando ele (Ceni) era atleta – disse Sidão, em entrevista coletiva.
 
Foi o treinador quem fez contato com o atleta para que ele se transferisse ao São Paulo. A aproximação do maior goleiro da história tricolor foi fundamental para que o negócio fosse concretizado.
 
– Foi emocionante. Eu estava concentrado com o Botafogo para garantir a vaga na Libertadores e ele acabou me ligando. Ele colocou o que ele pensava, que eu tinha condições de vestir a camisa do São Paulo, mas que eu não estaria chegando para ser titular, que eu teria que conquistar meu espaço. E é isso que estou fazendo – contou.
 
Uma das características de Sidão é jogar com os pés – algo que Ceni fazia como poucos antes de se aposentar. Para o novo arqueiro do time, porém, isso não o coloca em vantagem na briga pela posição.
 
– Essa é uma das características que eu tenho, uma das qualidades. Acho que eu não posso ser lembrado só por essa característica, mas esse foi um dos pontos positivos para que o Rogério optasse por me trazer para cá. Vai ser uma disputa sadia, a posição está aí para ser conquistada.
 
Sidão disputará a vaga com Denis e Renan Ribeiro, que já estavam no elenco – Thiago Couto também viajou à Flórida. A torcida saberá quem está na frente no próximo domingo (15), quando o São Paulo disputará um jogo-treino contra o Boca Raton, em Bradenton.
 
Do G1
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»Botafogo busca zagueiro e negocia empréstimo de Paulão, do Internacional de Porto Alegre

»Na caça de um volante, Atlético Mineiro está perto de contratar Elias, diz jornal

»Botafogo vence de virada e Atlético ganha do Sousa; veja classificação do Paraibano

»São Paulo vence Corinthians nos pênaltis, em jogo com briga e duas expulsões

»Diretoria do Flamengo encaminha acordo com a Globo para o Campeonato Carioca

»Morre aos 77 anos Carlos Alberto Silva, ex-treinador da Seleção Brasileira de Futebol

»Zé Ricardo acerta detalhes para amistoso do Fla contra o Vila Nova

»Corinthians despacha Fla, e Copinha terá campeão de São Paulo

»Tite convoca seleção apenas com 'brasucas' para amistoso contra a Colômbia

»Argentino Diego Maradona alfineta Pelé durante evento realizado na Itália

 
 
 
Editorial do dia

O atropelamento do agente de trânsito

Em João Pessoa, Capital do Estado da Paraiba, não se fala em outra coisa senão no inaceitável atropelamento seguido de morte do Agente de Trânsito, Diogo Nascimento, pelo executivo Rodolpho Carlos, na madrugada de sábado passado, ao fugir de uma Blitz.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Santos
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Profº Jorge Lucena
Programa a Visão do Brasil
Mais Lidas