Publicidade
|
Policial

INSEGURANÇA E VIOLÊNCIA! Funkeiro e dois amigos são mortos em JP
09.01.2017 enviado às 12:31
Texto:
Mc Sombra, Diego e Antônio foram morto em João Pessoa (Imagem: Portal Correio)
JOÃO PESSOA (PB) - O cantor de funk Erycles Werlam Nascimento de Souza, 21 anos, conhecido como ‘MC Sombra’ foi assassinado nesse domingo (8), na comunidade Cabral Batista, no bairro dos Novais, em João Pessoa. Antônio Sérgio da Silva Monteiro, 17 anos e Diego dos Santos também foram mortos na comunidade. 
 
De acordo com informações do delegado Pedro Ivo, plantonista da Delegacia de Homicídios de João Pessoa, as vítimas estavam em uma rua da comunidade quando homens em um carro pararam o veículo perto dos jovens e desceram atirando. Os suspeitos usavam colete balísticos. 
 
Os jovens foram socorridos para a UPA de Cruz das Armas e o Hospital de Trauma de João Pessoa. O cantor e Diego dos Santos morreram no Trauma da Capital e Antônio Sérgio não resistiu aos ferimentos e morreu na UPA.
 
Moradores da localidade informaram que o cantor de funk não tinha envolvimento e era ‘a voz da comunidade’. “MC Sombra era do bem e era a nossa voz da comunidade, que é tão discriminada. Era um sonhador e foi embora sem ter nada a ver com a história”, disse um amigo da vítima, que preferiu não se identificar.
 
Segundo a Polícia Civil, o adolescente morto com um tiro na cabeça é suspeito de ter participado de um homicídio ocorrido na semana passada. “O compositor e cantor de funk escrevia as letras ostentado a criminalidade tipo  do 'bonde invadir a comunidade'. As informações são de que as mortes estariam relacionadas com a briga entre facções. Outras pessoas dizem que seria briga do tráfico, mas a Polícia Civil vai instigar esse triplo homicídio. Já temos identificação dos suspeitos”, adiantou o delegado Pedro Ivo.
 
Os corpos de Erycles Werlam e Antônio Sérgio foram levados para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), no bairro do Cristo Redentor, na Capital. Até a publicação da reportagem, o corpo de Diego dos Santos continuava no Hospital de Trauma a espera de familiares para a remoção da Gemol.
 
Do Portal Correio
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»MAIS VIOLÊNCIA! Vigilante é morto e 4 são baleados em assalto com tiroteio em hipermercado

»Acidente com moto deixa uma vítima fatal entre Pirpirituba e Belém

»Funcionários do Detran cobram prisão do suspeito de matar agente; enterro será nesta segunda-feira

»Homem é morto com facada no peito na cidade de Solânea; Vítima tinha passagem pela polícia

»Juíza decreta prisão do acusado de atropelar agente de trânsito em JP

»Polícia Militar entra em Alcaçuz para erguer muro de contêineres e separar presos

»Dupla invade hospital e rouba celulares de pacientes e funcionários, na Paraíba

»Policia apreende arma e drogas após troca de tiros no bairro 13 de maio

»Empresária é presa suspeita de golpe de R$ 100 mil em pacotes turísticos, em João Pessoa

»Operação prende quadrilha especializada em roubos de gado, residências e motos

 
 
 
Editorial do dia

O atropelamento do agente de trânsito

Em João Pessoa, Capital do Estado da Paraiba, não se fala em outra coisa senão no inaceitável atropelamento seguido de morte do Agente de Trânsito, Diogo Nascimento, pelo executivo Rodolpho Carlos, na madrugada de sábado passado, ao fugir de uma Blitz.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Santos
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Profº Jorge Lucena
Programa a Visão do Brasil
Mais Lidas