Publicidade
|
Policial

AÇÃO POLICIAL! Preso grupo suspeito que planejava incendiar comunidade na Capital
09.01.2017 enviado às 12:25
Texto:
JOÃO PESSOA (PB) - Quatro homens foram presos em flagrante, na madrugada desta segunda-feira (9), no Colinas do Sul, suspeitos de planejar ataque a uma comunidade conhecida como 'chikungunya', em João Pessoa. 
 
Segundo divulgado pela PM, o grupo portava nove coqueteis molotov no momento da abordagem policial. O objetivo seria atear fogo na comunidade para aterrorizar moradores e usar alguns locais para venda ilegal de drogas. Ainda com os quatro suspeitos a polícia apreendeu duas espingardas, dois revólveres e munições. 
 
A prisão aconteceu durante diligências para localizar criminosos que trocaram tiros com a PM, na tarde do domingo (8), no bairro. Durante as buscas, os policiais receberam informações sobre onde estariam os suspeitos que pretendiam incendiar os barracos, já que eles estavam constantemente ameaçando os moradores.
 
Os quatro homens e todo o material apreendido foram apresentados na Central de Polícia Civil, no bairro do Geisel. 
 
Do Portal Correio
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»Funcionário é preso na PB após simular assalto e tentar roubar R$ 2,3 mil de empresa

»Bandidos violam caixas eletrônicos em duas cidades paraibanas

»Operação integrada das polícias Civil e Militar prende acusados de assalto em Guarabira

»Homem tem R$ 56 mil roubados em estacionamento de shopping na cidade de Guarabira

»Suspeita de sofrer desilusão amorosa, filha de ex-policial militar se suicida na cidade Areia

»Mulher é morta a facadas pelo ex-companheiro na Grande João Pessoa

»MAIS VIOLÊNCIA! Idoso tem casa invadida e é assassinado a facadas em Campina Grande

»COLISÃO COM UMA PEDRA! Acidente no Sertão da Paraíba deixa duas mulheres mortas

»Homem é preso no Centro de João Pessoa suspeito de abusar sexualmente da própria filha

»Polícias Civil e Militar de GBA prendem 14 pessoas acusadas de vários roubos na região do Brejo

 
 
 
Editorial do dia

Luciano e a linha tênue de 2017 e 2018

Recém-eleito prefeito da maior cidade da Paraíba, já no primeiro turno, Luciano Cartaxo precisará exercitar toda paciência, cautela e bom senso para conviver com as obrigações com João Pessoa (que são muitas) e com os ventos naturais que sopram para uma candidatura ao Governo do Estado.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Mais Lidas