Publicidade
|
Brasil

HOJE DE MADRUGADA! Pelo menos 33 presos são mortos na maior penitenciária de Roraima
06.01.2017 enviado às 12:07
Texto:
Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, a maior de Roraima (Imagem: Divulgação)
RIO DE JANEIRO (RJ) — Pelo menos 33 presos foram mortos na madrugada desta sexta-feira na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, a maior de Roraima. Em nota divulgada hoje pela manhã, a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) informou que o Batalhão de Operações Especiais (Bope) e a Polícia Militar (PM) estão na unidade que fica na zona Rural de Boa Vista, e que a situação está sob controle. 
 
O novo massacre aconteceu apenas cinco dias após uma briga entre facções criminosas deixar 56 detentos mortos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus.
 
Segundo o governo estadual, 30 dos 33 detentos foram decaptados. Alguns deles tiveram o coração arrancado. Não houve registro de fugas. Familiares dos presos já se concentram na porta do presídio em busca de informações.
 
De O Globo Online
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»Acadêmicos do Tatuapé é a campeã do carnaval 2017 de SP

»Acidente em carro da Escola de Samba Unidos da Tijuca deixa 12 feridos no Rio de Janeiro

»Há espetacularização e arbitrariedades na Lava Jato, diz Nelson Jobim

»Mulher ferida em acidente na Sapucaí respira por aparelhos

»Acidente grave deixa feridos no desfile da Paraíso do Tuiuti

»Caetano participa de show no pelourinho e público puxa fora Temer

»Ministro do Supremo Tribunal Federal manda soltar goleiro Bruno

»Câmara denuncia violação dos Direitos Humanos de Lula à ONU

»Yunes afirma que Temer sabia que ele foi usado por Padilha como mula

»Ex-presidente da República pede que STJ afaste Sérgio Moro de seu processo na Lava-Jato

 
 
 
Editorial do dia

Saída de Padilha resolve problema do governo

Osmar Serraglio não foi uma má escolha para o ministério da Justiça. O presidente Temer teve que se render ao PMDB e escolheu uma pessoa que não é marcada pela cumplicidade e por isso mesmo não agradou a uma ala do partido.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Mais Lidas