Publicidade
|
Política

Lira ratifica apoio a Ricardo, mas descarta saída do PMDB e racha
05.01.2017 enviado às 16:22
Texto:
Governador Ricardo Coutinho e o senador Raimundo Lira (Imagem: Da Net)
JOÃO PESSOA (PB) - O senador Raimundo Lira (PMDB) declarou, nesta quinta-feira (5), que continuará apoiando o projeto político do governador Ricardo Coutinho (PSB).
 
Em entrevista ao Correio Debate, da 98 FM, Lira disse que não vê “nenhuma infração” em apoiar Ricardo Coutinho, pois o governador é do PSB, partido que integra a base politico do presidente Michel Temer (PMDB).
 
Raimundo Lira considerou ainda que a decisão do PMDB em apoiar Luciano Cartaxo (PSD) em João Pessoa não significa um “racha político”, pois o prefeito também faz parte de um partido que compõe o bloco de alianças do governo federal.
 
Ainda durante a entrevista, Lira rebateu especulações de mudança de partido e disse que não tem nenhuma pretensão de deixar o PMDB.
 
“Eu não tenho o maior desejo ou vontade de sair do PMDB.  Sou muito respeitado pelo PMDB  do qual eu faço parte da executiva  nacional”, afirmou.
 
Lira confirmou sua  pretensão de concorrer à reeleição em 2018 para poder dar continuidade ao trabalho de captação de recursos federais para obras na Paraíba, a exemplo da terceira faixa da BR-230, em João Pessoa.
 
Por Roberto Targino – MaisPB
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»Raimundo Lira discute com peemedebista e é chamado de "zero votos"

»Cássio ainda não decidiu sobre candidatura ao governo em 2018

»Deputado Raniery Paulino nega apoiar divisão no PMDB da PB

»Raniery elogia articulação de Lira e destaca aproximação de RC com Temer

»Wilsinho promete grande projeto para a classe estudantil de Guarabira

»Vereador Renato Meireles participa da procissão de São Sebastião

»RC diz que adversários queriam o pior e hoje pegam carona na Transposição

»Juiz de Brasília impede deputado de disputar reeleição a Câmara Federal

»Maranhão minimiza força de Lira e diz que se for convocado pode disputar Governo

»Deputado Raniery Paulino diz que não vê o senador José Maranhão fora da presidência do PMDB-PB

 
 
 
Editorial do dia

A escolha dos sucessores

O STF não terá que decidir apenas o futuro da Lava Jato, mas nesta semana deve se pronunciar sobre a sucessão na Câmara dos Deputados, onde três candidatos disputam a cobiçada posição de 2° na linha sucessória da Presidência da República. Ao eleger seu novo Presidente, o Senado também estará indicando o 3° nessa ordem, mas sem confronto.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Santos
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Profº Jorge Lucena
Programa a Visão do Brasil
Mais Lidas