Publicidade
|
Economia

Governo RC institui novo “pedágio” e obriga contribuinte pagar taxa por cada nota fiscal que emitir
05.01.2017 enviado às 15:58
Texto:
JOÃO PESSOA (PB) - No apagar das luzes de 2016, o Governo Ricardo Coutinho protagonizou um verdadeiro festival de gastos sem licitação, especialmente de livros, o que obrigou o Tribunal de Contas do Estado agir, suspendendo as compras “natalinas”. Mas, não ficou apenas na fúria consumista. Também cometeu, dentro outras, uma nova violência contra o contribuinte.
 
Passou praticamente despercebida a Lei 10.801, de 12 de dezembro 2016, em que o governador instituiu uma espécie de pedágio fiscal. A partir de 2017, todos os contribuintes que emitirem nota fiscal terão de pagar uma taxa extra para o Estado, no valor de R$ 0,03 (três centavos). Parece pouco, mas imagine numa escala da emissão de milhares e milhares de notas fiscais.
 
Os recursos provenientes da cobrança desse pedágio, chamado de taxa de utilização de serviços públicos, serão destinados aos créditos orçamentários do FADAT (Fundo de Apoio ao Desenvolvimento da Administração Tributária). Ou seja, estarão sob o controle do governador Ricardo Coutinho. A lei 10.801 foi publicada na edição de 13 de dezembro de 2016, no Diário Oficial do Estado.
 
Do Blog de Helder Moura
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»Temer retira servidores estaduais e municipais da reforma da Previdência

»Gás de cozinha fica em média R$ 4 mais caro a partir desta terça-feira

»Polícia Federal deflagra operação de combate a venda ilegal de carnes

»Na contramão do país, Estado da Paraíba fecha 1,1 mil postos de trabalho em fevereiro

»CIDA RESTAURANTE informa que retorna atividades na sexta (24)

»Fiscalização do Imeq-PB flagra postos de combustíveis lesando consumidores no Brejo

»TCE bloqueia contas de 25 prefeituras por não entregarem balancetes de janeiro

»REI DOS DISCOS! Ligue e saíba das ofertas para terça e quarta-feira

»NO BREJO DA PARAÍBA! Prefeito de Bananeiras contrata escritório contábil da família e sem licitação

»REI DOS DISCOS! Confira as ofertas para hoje e amanhã (sábado)

 
 
 
Editorial do dia

Luciano e a linha tênue de 2017 e 2018

Recém-eleito prefeito da maior cidade da Paraíba, já no primeiro turno, Luciano Cartaxo precisará exercitar toda paciência, cautela e bom senso para conviver com as obrigações com João Pessoa (que são muitas) e com os ventos naturais que sopram para uma candidatura ao Governo do Estado.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Mais Lidas