Publicidade
|
Cidades

Prefeitura de Araçagi convoca funcionários para censo municipal
03.01.2017 enviado às 12:50
Texto:
Sede da Prefeitura de Araçagi (Imagem: Da Net)
ARAÇAGI (PB) - A Prefeitura de Araçagi está convocando todos os servidores municipais efetivos para o Censo 2017 que será realizado nos dias 4, 5, 6, 9 e 10. De acordo com a gestão, o servidor que não comparecer terá o pagamento suspenso até atualização cadastral. O censo acontecerá das 7h às 17h.
 
O recadastramento acontecerá no ginásio de esportes ‘O Monteirão’, no Bairro São Sebastião. O servidor deverá comparecer munido dos seguintes de cópias e xerox dos seguintes documentos: Identidade, CPF, Título Eleitoral, Carteira Profissional, Portaria de Nomeação, Comprovante de residência, Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento, PIS/PASEP, conta bancária, contra cheque dos últimos três meses, consignados e Alvará Judicial.
 
Os servidores que dispuserem de certidão de escolaridade (fundamental, médio, superior, especialização, mestrado) deverão levar cópias e o original.
 
Do ManchetePB
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»Neide solicita centro de atenção a mulher para o Bairro do Nordeste

»Morre em João Pessoa Dona Jandira de Araújo, mãe da primeira-dama de Guarabira Léa Toscano

»Marcelo Bandeira visita Cagepa e trata da qualidade da água em GBA

»Sem água em casa, população de Monteiro ameaça fechar comportas da Transposição

»Governo inicia obras da Escola Técnica de Guarabira nesta terça-feira

»Teto desaba sobre estudantes e três ficam feridos no Campus da UEPB em Guarabira

»Vereador pede uma delegacia da Polícia Federal para a cidade de Guarabira

»Jornalista da Integração do Brejo critica falta de higiene no Matadouro Público de Cuitegi

»RC entrega rodovia PB-077 e assina ordem de serviço da adutora de Pilões

»Prefeito de Guarabira inaugura praça, academia de saúde e parque infantil em Contendas

 
 
 
Editorial do dia

Muita política, poucos resultados

Não fosse Francisco Sarmento um dos mais respeitados especialistas em recursos hídricos do País, conhecedor profundo do projeto da transposição do São Francisco do qual foi consultor, seria difícil acreditar na avaliação que fez em entrevista a Hermes de Luna, no “Debate” da TV Correio: por conta de problemas na obra, e mantido o atual ritmo de liberação, as águas só chegarão a Campina em cinco anos.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Mais Lidas