Publicidade
|
Policial

Jovem é baleado e morre após sair de festa em piscina no Agreste da Paraíba
02.01.2017 enviado às 12:22
Texto:
Jovem foi assassinado a tiros (Imagem: Portal Correio)
QUEIMADAS (PB) - Vinícius Silva de Sousa, 22 anos, foi assassinado a tiros no início da noite desse domingo (1º) na cidade de Queimadas, no Agreste do estado, a 133 km de João Pessoa. A vítima foi morta após sair de uma festa em uma piscina.
 
De acordo com a Polícia Civil, o jovem voltava da festa com amigos em uma moto quando foi atingido por três tiros, sendo um deles atingido o peito da vítima.
 
Vinícius foi levado para o Hospital Geral de Queimadas, mas morreu pouco tempo depois de receber os primeiros atendimentos médicos. A Polícia Militar disse que não tem suspeito do assassinato. O corpo foi jovem foi levado para o Instituto de Medicinal Legal (IML) de Campina Grande.
 
Do Portal Correio
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»Funcionário é preso na PB após simular assalto e tentar roubar R$ 2,3 mil de empresa

»Bandidos violam caixas eletrônicos em duas cidades paraibanas

»Operação integrada das polícias Civil e Militar prende acusados de assalto em Guarabira

»Homem tem R$ 56 mil roubados em estacionamento de shopping na cidade de Guarabira

»Suspeita de sofrer desilusão amorosa, filha de ex-policial militar se suicida na cidade Areia

»Mulher é morta a facadas pelo ex-companheiro na Grande João Pessoa

»MAIS VIOLÊNCIA! Idoso tem casa invadida e é assassinado a facadas em Campina Grande

»COLISÃO COM UMA PEDRA! Acidente no Sertão da Paraíba deixa duas mulheres mortas

»Homem é preso no Centro de João Pessoa suspeito de abusar sexualmente da própria filha

»Polícias Civil e Militar de GBA prendem 14 pessoas acusadas de vários roubos na região do Brejo

 
 
 
Editorial do dia

Luciano e a linha tênue de 2017 e 2018

Recém-eleito prefeito da maior cidade da Paraíba, já no primeiro turno, Luciano Cartaxo precisará exercitar toda paciência, cautela e bom senso para conviver com as obrigações com João Pessoa (que são muitas) e com os ventos naturais que sopram para uma candidatura ao Governo do Estado.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Mais Lidas