Publicidade
|
Mundo

Polícia pede prisão da esposa do embaixador grego morto no Rio
30.12.2016 enviado às 15:33
Texto:
Françoise Amiridis, mulher do embaixador da Grécia no Brasil, Kyriakos Amiridis, chega à Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), em Belford Roxo (RJ), na manhã desta sexta-feira (Imagem: Jose Lucena/ Futura Press/ Estadão Conteúdo)
RIO DE JANEIRO (RJ) - A polícia pediu à Justiça, na manhã desta sexta-feira (30), a prisão da brasileira Françoise Amiridis, mulher do embaixador da Grécia no Brasil Kyriakos Amiridis, 59 anos, morto nesta semana. Agentes que investigam a morte do diplomata grego confirmam que o corpo carbonizado encontrado em um veículo nas proximidades do Arco Metropolitano, na Baixada Fluminense, é dele.
 
O delegado responsável pela investigação pediu à Justiça a prisão de outras três pessoas que teriam planejado a execução do crime: o policial militar Sergio Gomes Moreira Filho e de dois cúmplices que não tiveram os nomes revelados. De acordo com a polícia, Françoise Amiridis e o PM seriam amantes. Por volta das 10h desta sexta-feira, Françoise chegou à Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) para prestar depoimento.
 
Amiridis foi morto em casa, em Nova Iguaçu, antes de ser levado para dentro do carro que ele havia alugado no dia 21. O veículo foi encontrado carbonizado nas proximidades do Arco Metropolitano. Agentes da DHBF encontraram, na última quinta-feira, um sofá com manchas de sangue na residência onde o diplomata estava com a mulher. Os investigadores já sabem que o corpo foi retirado da casa por volta das 3h da madrugada de quarta-feira.
 
Do Brazil 247
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»Donald Trump culpa erro no Oscar por obsessão de Hollywood por política

»Ator Bill Paxton, de 'Titanic', morre aos 61 anos

»Exército paquistanês captura mais de 600 suspeitos de terrorismo

»Papa doa 15 mil euros para agricultor atingido por terremoto

»Trump critica FBI e diz que agência é 'incapaz' de conter vazamentos de informação

»Cientistas descobrem planetas com tamanhos parecidos ao da Terra

»Queda de avião em shopping deixa 5 mortos na Austrália

»EUA deportam primeiros cubanos que chegam de avião após fim de política especial

»Ensaio sobre vida extraterrestre escrito por Winston Churchill é descoberto nos EUA

»O mistério das 25 toneladas de dinheiro venezuelano encontradas no Paraguai

 
 
 
Editorial do dia

Saída de Padilha resolve problema do governo

Osmar Serraglio não foi uma má escolha para o ministério da Justiça. O presidente Temer teve que se render ao PMDB e escolheu uma pessoa que não é marcada pela cumplicidade e por isso mesmo não agradou a uma ala do partido.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Mais Lidas