Publicidade
|
Brasil

OPINIÃO! Professor quer A Voz do Brasil em horário nobre na Tv
30.12.2016 enviado às 00:05
Texto:
Programa a Visão do Brasil
 
A importância da informação e de como ela é tratada nos dias de hoje, é indiscutivelmente de muita importância para a nossa sociedade moderna, é através de uma informação bem ou mal propagada por um grande meio de comunicação, que de um modo geral, pode-se conservar, ou modificar totalmente a forma de pensar de um povo ou região do País.
 
E diante de tão grande poder de influência direta na forma de pensar e agir de um povo, que surgi à necessidade de consumo de uma informação clara, objetiva e principalmente imparcial, de uma imparcialidade originária da independência dos atuais monopólios da comunicação Brasileira. Estou referindo-me ao programa radiofônico à voz do Brasil, que vai ao ar todos os dias, por volta das 19h por cerca de uma hora, mostrando a população Brasileira os bastidores e todas as informações ligadas a política nacional, além das ações dos poderes executivo, legislativo e judiciário federal.
 
Devido ao grande alcance adquirido pela televisão e a internet nos dias de hoje, que lançamos a proposta de um projeto lei que faça da televisão de hoje, mais um meio de propagação da informação, referente à política nacional, sabemos que já existem canais fechados que também são conhecidos como “Por assinatura”, que produzem durante 24 horas informações da política em Brasília, como é o caso da tevê plenário, no entanto, esse meio jamais alcançara aquele público assalariado inteligente, que precisa ser informado sobre os acontecimentos da política interna do País.
 
Fica registrada a ideia da implantação do programa “A VISÃO DO BRASIL”, como proposta de transmissão pela televisão, em horário nobre e a nível nacional do atual programa “A VOZ DO BRASIL”, possibilitando dessa forma um canal de informação da política nacional acessível a todos os Brasileiros, independente de sua condição econômica, informando de forma imparcial à realidade da política nacional, com suas conquistas e derrotas, sem a interferência, nem tão pouco, a manipulação dos grandes monopólios da comunicação.
 
Autor: Jorge Lucena dos Santos (professor, articulista de Fato a Fato)
 
O artigo do Professor Jorge está publicado em sua coluna no Fato a Fato
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»Acadêmicos do Tatuapé é a campeã do carnaval 2017 de SP

»Acidente em carro da Escola de Samba Unidos da Tijuca deixa 12 feridos no Rio de Janeiro

»Há espetacularização e arbitrariedades na Lava Jato, diz Nelson Jobim

»Mulher ferida em acidente na Sapucaí respira por aparelhos

»Acidente grave deixa feridos no desfile da Paraíso do Tuiuti

»Caetano participa de show no pelourinho e público puxa fora Temer

»Ministro do Supremo Tribunal Federal manda soltar goleiro Bruno

»Câmara denuncia violação dos Direitos Humanos de Lula à ONU

»Yunes afirma que Temer sabia que ele foi usado por Padilha como mula

»Ex-presidente da República pede que STJ afaste Sérgio Moro de seu processo na Lava-Jato

 
 
 
Editorial do dia

Saída de Padilha resolve problema do governo

Osmar Serraglio não foi uma má escolha para o ministério da Justiça. O presidente Temer teve que se render ao PMDB e escolheu uma pessoa que não é marcada pela cumplicidade e por isso mesmo não agradou a uma ala do partido.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Mais Lidas