Publicidade
|
Mundo

SE ARMANDO ATÉ OS DENTES! Venezuela comprará tecnologia bélica e armas de China e Rússia
28.12.2016 enviado às 19:49
Texto:
O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, assiste a uma parada militar em Campo de Carabobo, na quarta (28) (Imagem: G1)
CARACAS (PB) - A Venezuela comprará tecnologia bélica e armas de China e Rússia para equipar suas forças especiais, incluindo as tropas de choque encarregadas de controlar distúrbios como os que ocorreram há dez dias, informou nesta quarta-feira (28) o presidente Nicolás Maduro.
 
"Em breve irá o general (ministro da Defesa, Vladimir Padrino López) à Rússia e à China para fechar os acordos e trazer a tecnologia e as armas mais modernas do mundo", afirmou Maduro em um ato com a Força Armada Nacional Bolivariana (FANB).
 
Os equipamentos serão entregues "aos combatentes das forças de ação especial, grupos especiais e tropas de ação rápida para o combate contra o inimigo e a preservação da paz em nossa terra".
 
Maduro pediu aos militares que enfrentem os distúrbios e saques como os que ocorreram em vários estados entre 16 e 18 de dezembro, diante da falta de dinheiro em circulação.
 
O presidente responsabilizou "paramilitares" e "traficantes colombianos" pelos fatos, que deixaram quatro mortos e centenas de lojas saqueadas.
 
Para prevenir e combater os distúrbios, Maduro pediu à FANB que fortaleça as atividades de inteligência com as organizações populares ligadas ao governo.
 
"Busquemos as organizações populares, Unidades de Batalha Bolívar Chávez, conselhos comunitários, Comitês Locais de Abastecimento. É preciso articular uma inteligência no conceito de guerra de todo o povo".
 
Do G1
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»EUA deportam primeiros cubanos que chegam de avião após fim de política especial

»Ensaio sobre vida extraterrestre escrito por Winston Churchill é descoberto nos EUA

»O mistério das 25 toneladas de dinheiro venezuelano encontradas no Paraguai

»Advogado de aeroviária boliviana acusada no caso da Chapecoense morre em audiência

»Neonazistas serão julgados por ataques a imigrantes, mulheres e gays na Argentina

»Rússia pode devolver Snowden aos EUA como 'presente' para Trump

»Professora condenada por fazer sexo com 3 alunos continua presa nos EUA

»Por unanimidade, corte garante suspensão a veto migratório de Donald Trump

»Polícia liberta mulheres vietnamitas vendidas como esposas na China

»Preocupados com Trump, pessoas que buscam asilo caminham no frio para o Canadá

 
 
 
Editorial do dia

Foro privilegiado

Foi o STF que considerou ilegais doações empresariais em campanhas, que reconheceu a união homoafetiva como “unidade familiar”, que descriminalizou aborto nos três primeiros meses de gestação, que estabeleceu corte de ponto de servidores públicos em greve,que aprovou prisão após condenação em 2ª grau, que reconheceu dupla paternidade de filhos adotados (dos pais biológicos e afetivos), que proibiu veto a tatuados em concursos...

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Santos
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Mais Lidas