Publicidade
|
Mundo

Carrie Fisher, a Princesa Leia de ‘Star Wars’, morre aos 60 anos
28.12.2016 enviado às 00:36
Texto:
LOS ANGELES (EUA) - Carie Fisher, atriz que interpretou a Princesa Leia na saga “Star Wars”, morreu aos 60 anos. A notícia foi confirmada à revista “People” por um representante da família, Simon Halls. “É com grande pesar que Billie Lourd [filha de Carrie] confirma que sua amada mãe, Carrie Fisher, morreu às 8h55 desta manhã. Ela era amada pelo mundo e sua ausência será profundamente sentida. Nossa família agradece pelos pensamentos e orações”.
 
Carrie foi internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na sexta-feira (23) após sofrer uma parada cardíaca dentro de um avião, pouco antes de a aeronave, que veio de Londres, pousar em Los Angeles.
 
Série, filmes e livro
 
Fisher repetiu sua atuação como Leia recentemente em “Star Wars: O Despertar da Força” (2015), e estava escalada para aparecer no oitavo episódio da série, ainda sem nome oficial, com estreia prevista no Brasil para 15 de dezembro de 2017.
 
A atriz estava em Londres para a gravação de sua participação na série “Catastrophe”. Ela atualmente também atravessa uma turnê de divulgação de seu oitavo livro, “Memórias da princesa: Os diários de Carrie Fisher”.
 
Filha de um casal famoso em Hollywood formado pelo cantor Eddie Fisher e pela atriz Debbie Reynolds, Carrie escreveu sobre sua relação complicada com a mãe no livro “Postcards from the edge”. A obra foi adaptada para o cinema em 1990, com o título “Lembranças de Hollywood”, estrelado por Meryl Streep.
 
Ela também ficou conhecida por debater publicamente seu transtorno bipolar e seu alcoolismo na forma da peça/livro/especial da HBO “Wishful drinking” (que chegou a receber duas indicações ao Emmy de 2011).
 
Do MaisPB
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»De olho nas eleições, serviço de inteligência da Alemanha recruta hackers

»VÍDEO! Bebê macaco chora sobre corpo da mãe atropelada e morta

»Apaixonados, mãe e filho são condenados por incesto no Estado do Novo México nos EUA

»FBI investiga eventual interferência da Rússia na campanha presidencial dos EUA

»Imprensa internacional repercute operação Carne Fraca no Brasil

»Explosão de carta-bomba no Escritório do FMI em Paris deixa 1 ferido

»Sexta mulher é atacada com ácido em Berlim, na Alemanha

»TRAGÉDIA! Sobe para 50 o número de pessoas de mortas em deslizamento de lixo na Etiópia

»Motorista de ônibus atropela e mata 34 e foge de acidente no Haiti

»Mulher corta pênis do marido após recusa de sexo

 
 
 
Editorial do dia

Muita política, poucos resultados

Não fosse Francisco Sarmento um dos mais respeitados especialistas em recursos hídricos do País, conhecedor profundo do projeto da transposição do São Francisco do qual foi consultor, seria difícil acreditar na avaliação que fez em entrevista a Hermes de Luna, no “Debate” da TV Correio: por conta de problemas na obra, e mantido o atual ritmo de liberação, as águas só chegarão a Campina em cinco anos.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Mais Lidas