Publicidade
|
Religião

Padre Adauto é criticado e elogiado por grupos de jovens nas redes sociais
13.11.2016 enviado às 18:08
Texto:
Padre Adauto Tavares passou 6 seis anos na Paróquia de Nossa Senhora da Luz (Imagem: Da Net)
GUARABIRA (PB) - Desde quando a Igreja Católica anunciou a transferência do Padre Adauto Tavares, de Guarabira/PB para a Paróquia de Pirpirituba/PB, na última quarta-feira (09), algumas postagens sarcásticas, feitas nas redes sociais, por jovens de um determinado grupo católico, deram a entender que, indiretamente, tinham o objetivo de atingir o religioso. As postagens seriam uma retaliação dos “insatisfeitos” com o trabalho e a disciplina impostas pelo sacerdote ao assumir a Paróquia de Nossa Senhora da Luz, há seis anos.
 
Tudo bem que ninguém consegue agradar a todos, mas o que chama a atenção nas postagens são as expressões inadequadas para se referir a um religioso de caráter e índole incontestáveis, como o referido Padre.
 
Não é segredo para ninguém e o próprio religioso faz questão de admitir que, ao chegar à Paróquia da Catedral, andou desagradando muita gente que não concordava com o seu modo exigente de trabalhar e organizar as coisas. Diante disso, alguns destes mesmos jovens, que estão se deleitando com a transferência do religioso, resolveram se afastar de alguns serviços da igreja e assumirem uma verdadeira “oposição” à permanência dele em Guarabira.
 
Algumas frases como: “Papai noel chegou mais cedo”, “Começando as comemorações de fim de ano hoje!”, “Na casa do senhor não existe satanás. XÔ SATANÁS! XÔ SATANÁS! e até mesmo “Adeus Adolf Hitle!”, entre outras, causaram indignação por parte de outros jovens que fazem parte do mesmo grupo. Uma das amigas de rede social comentou: “Acho certas coisas tão ridículas sabe! Tenho admiração por vcs do grupo, mas certas atitudes…”.
 
Mesmo sem as postagens citarem o nome do padre, uma pessoa próxima ao vigário nos informou que o sacerdote tem certeza que todas elas fazem referências à sua pessoa, mas afirma também que está saindo de Guarabira com a cabeça erguida, com a consciência do dever cumprido e que fez a sua obrigação como servo de Deus.
 
Mas não foram apenas pessoas insatisfeitas que se manisfestaram sobre a saída do Padre. As redes sociais também foram usadas para lamentar a transferência do mesmo e dizer que ele fará muita falta na Paróquia de Nossa Senhora da Luz. Até vídeos com homenagens foram preparados para homenagear o Padre Adauto
 
Por Juka Martins/Portal Mídia com Fato a Fato
Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»VATICANO JÁ ESTÁ COM LISTA TRÍPLICE PARA ESCOLHA DO NOVO ARCEBISPO DA PARAÍBA

»PF indicia pastor Silas Malafaia em inquérito da Operação Timóteo

»Evangélica quebra imagem de Nossa Senhora e causa revolta entre os católicos; Veja o vídeo

»Pastor Valdemiro Santiago, após sofrer facada no pescoço, pede doação de R$ 8 milhões a fiéis

»Apóstolo Waldemiro Santiago leva facada no pescoço durante culto em SP

»Igreja critica divulgação de suspeitas de pedofilia na Paraíba investigadas em segredo

»Dom Lucena envia mensagem de Natal ao povo de GBA e do Brejo

»Morre em São Paulo aos 95 anos o Cardeal Dom Paulo Evaristo Arns

»Através de carta apostólica, Papa concede a padres decisão de perdoar quem comete abortos

»Pastor Alexandre, da Sara de GBA, será entrevistado por Fato a Fato

 
 
 
Editorial do dia

Saída de Padilha resolve problema do governo

Osmar Serraglio não foi uma má escolha para o ministério da Justiça. O presidente Temer teve que se render ao PMDB e escolheu uma pessoa que não é marcada pela cumplicidade e por isso mesmo não agradou a uma ala do partido.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Mais Lidas