Publicidade
|
Empreendedor
EXCLUSIVO! Renato Toscano atribui vitória a Deus: “A palavra me motivou”
03.11.2016 enviado às 19:49
Texto:
Vereador Renato Toscano-PSDB (Imagem: Assessoria)
GUARABIRA (PB) – O odontólogo Renato Fernandes Toscano Júnior, 44, natural da cidade de Pesqueira (PE), eleito vereador pelo município de Guarabira (PB) no pleito de 2 de outubro, em entrevista exclusiva para Fato a Fato, disse atribuir sua vitória única e exclusivamente a Deus: “foi a sua palavra que me motivou a disputar o pleito”.
 
O futuro vereador (ainda será diplomado e empossado) é evangélico, membro da Comunidade Sara Nossa Terra de Guarabira. Votado por 1.057 eleitores, “Dr. Renato” revela que vai priorizar o bom debate, a apresentação de projetos de real interesse coletivo, mas não irá usar a tribuna da Câmara como palanque politico. 
 
Durante a entrevista, Renato destacou os projetos que serão apresentados para apreciação e votação do colegiado, afirmou que seguirá as orientações de “meu líder Zenóbio Toscano”, mas apontará os erros da administração municipal como forma de contribuir com seus acertos.
 
No final da entrevista, o futuro parlamentar tucano conceitua Jesus, amigos, a vida e se refere aos mais de 1 mil votos obtidos na eleição desse ano em Guarabira. 
 
ACOMPANHE A ENTREVISTA COMPLETA:
 
FATO A FATO - Desde a juventude, passando por sua formatura como odontólogo, já havia pensado em “ser político”? Por qual motivo disputou a eleição de vereador em Guarabira?
RENATO -  Apesar de ter vários familiares políticos , nunca tive esta pretenção, até por ser uma pessoa recatada sem gostar muito da exposição, mas o que me levou a entrar na política foi a necessidade de se combater projetos contra a família. Fiquei indignado em ver cartilhas produzidas pelo MEC querendo sexualizar nossas crianças, onde considero uma porta aberta para pedofilia. Vamos combater veementemente e criar projetos em favor da família.
 
FATO A FATO - A eleição foi uma surpresa para o senhor ou sabia que seria eleito? Seu nome não constava (conforme análise de algumas pesquisas) na lista dos 15. Fale-nos um pouco da campanha.
RENATO - Esperava sim ser eleito pelo apoio que tive. Inicialmente pela igreja que congrego, a Sara Nossa Terra, onde tive o apoio e incentivo dos pastores Alexandre e Aurélia Rodrigues, de muitos amigos da Saúde, liderados pelo secretário Wellington, por lideranças como o Aedson Cunha, pelo grande trabalho realizado pela equipe que formamos na mídia divulgando nossos projetos em vídeos e tendo resposta positiva do amigos das redes sociais, como também de amigos agente de saúde que nos ajudaram no trabalho casa a casa, visitando, conversando, expondo nossa forma de fazer política e promover o bem da nossa querida cidade.
 
FATO A FATO - Agora e depois de eleito, a quem o senhor atribui sua vitória?
RENATO - Atribuo única e exclusivamente a Deus essa vitória, pois foi a sua palavra que me motivou a disputar o pleito, defendendo a instituição família, criada por ele, onde na hora das dificuldades, porque não é fácil uma campanha, ele me deu forças para não desistir e continuar firme e forte até a vitória.
 
FATO A FATO - A partir de primeiro de janeiro de 2017, Renato Toscano estará vereador por 4 anos da cidade de Guarabira. Já tem em mente os projetos que serão apresentados. Quais seriam?
RENATO - Tenho sim projetos. Incialmente levarei em frente a ideia de criar Centro de Referência da Família, que terá objetivos diversos como aconselhar casais a não se divorciarem, com pessoas capacitadas. Construção da sede própria do CEO , onde atual é alugada e gera despesa fixa ao município e não atende ergonomicamente as necessidades da odontologia. No esporte: Quadras de Areia em vários bairros. Na Educaçao: Constituição em miúdos" levar as crianças e adolescentes nossos direitos, fazendo uma nova geração de eleitores 
Na Saúde: 3 novos Psfs para Bairro Novo, Primavera e Santa Terezinha. No Social: "hoje não dormirei com fome": Levar alimentos a moradores de rua e famílias em estado de penuria e vários outros projetos.
 
FATO A FATO -  Como vê a disputa pela Presidência da CM de Guarabira? O senhor já definiu seu voto? Que peso tem um pedido do prefeito Zenóbio Toscano para determinado candidato?
RENATO - Sobre Presidência da Câmara, ainda não houve reunião formal do nosso grupo. Creio que deva haver em breve para definirmos o nosso candidato e com certeza respeitarei o direcionamento do nosso líder Zenobio Toscano.
 
FATO A FATO -  Como analisa os primeiros quatro anos do prefeito Zenóbio. Que projeção tem para os próximos anos. Qual será seu comportamento nos acertos e nos erros da futura administração?
RENATO - Como participei do governo ZT como coordenador da saúde bucal, sou meio suspeito para falar. As urnas deram a resposta da aprovação de sua gestão pelo próprio povo. Minha projeção serão mais 4 anos de grandes obras, de avanços na saúde e demais pastas, onde ZT vai deixar seu legado de melhor prefeito que Guarabira já teve. Como vereador irei me comportar mais em busca dos erros para que a cidade cresça com isso. O que interessa é o melhor para nossa cidade e nossa população.
 
FATO A FATO - Quais serão suas áreas de atuação na Câmara Municipal? Como vereador ligado a Saúde, o que fará com a falta de médico nos PSF. As vezes não é nem culpa da administração, mas do próprio profissional e de sua “gula” por salário em outros empregos. Há solução?
RENATO - Apesar de ser da saúde, irei, junto com meus amigos da secretaria, ajudar ao máximo o avanço desta pasta. Quero atuar muito na área social, levando recursos públicos para quem realmente precisa deste apoio. Médicos realmente é um problema, mas hoje já temos uma cobertura nos Psfs e se caso algum saia, temos a Policlinica que dará suporte com clínico geral. 
 
FATO A FATO - O vereador Renato Toscano é um nome novo na política? Mesmo integrando um grupo político (zenobista) considerado antigo, qual será seu comportamento na Câmara Municipal?
RENATO - Sou um nome novo porque foi minha primeira candidatura a cargo público. Entrei no grupo de ZT nesta gestão com cargo técnico, na coordenação de saúde bucal e ao longo da gestão fui convidado para integrar a parte política, já participando da eleição da Deputada Camila e dai por diante conversei com o prefeito sobre a viabilidade em ser candidato. Ele aceitou e foi muito importante para chegarmos à minha vitória. Meu comportamento será dar sustentação ao prefeito em sua bancada, apresentar projetos úteis, apontar erros cumprindo a função de vereador e honrar todos os votos que tive com dignidade, trabalho, respeito a toda população de Guarabira. 
 
FATO A FATO - O que espera encontrar nos bastidores, no plenário, na tribuna da Câmara Municipal de Guarabira e na relação com os outros 14 vereadores?
RENATO - Espero encontrar muito trabalho a ser feito, muitas coisas a serem corrigidas, dar a minha contribuição no que a política mais precisa hoje que é ter Credibilidade, apresentar aquilo que a população quer (projetos e ações efetivas), evitando usar plenário como palanque . Relação com colegas vereadores, por minha parte , será de cordialidade, nível no contraditório e respeito com a finalidade de Guarabira sempre sair ganhando em todos os aspectos, principalmente em sua representatividade num local tão importante que é a Câmara Municipal 
.
FATO A FATO - Nos fale um pouco da vida, quem é Jesus, sua família, os amigos e os 1.057 eleitores que o colocaram na Câmara Municipal.
RENATO - VIDA - Não podemos passar por ela sem deixar um legado, por mais simples que possa ser, temos que fazer algo pelo próximo .  JESUS - Texto bíblico resume: "Eu sou o caminho, a verdade, a vida. Ninguém vem ao pai senão por mim". Temos a esperança de termos uma vida eterna. Valerá apena seguir a sua palavra e ensinamentos, pois ele é o nosso redentor. 1057 VOTOS - Muita responsabilidade na qual me estimula a ter a obrigação de representar bem a todos que confiaram seu importante voto. AMIGOS - Além dos que já tinha, ganhei diversos. Um bom começo na vida pública. Obrigado a todos!
 
Por Antonio Santos
Editor de Fato a Fato
Compartilhe:
 
Confira também:

»ENTREVISTA! “Vivemos a Era do pesadelo, não dos sonhos”, diz Augusto Cury

»Entre o Oscar e a política, Julia Lemmertz fecha os olhos para as fofocas

»“O sistema tributário se tornou totalmente disfuncional”, diz economista

»Promotora americana fala do momento difícil vivido pelo Brasil

»Paula Fernandes rebate críticas: "Sou profissional, isso incomoda"

»‘A Anvisa está sendo humilhada pelo Congresso’, diz oncologista

 
 
 
Editorial do dia

Luís Pequinês, um guarabirense

Luís Paiva, antes de ser um guarabirense que se tornou conhecido e sem dúvida será lembrado por muito tempo, foi um nordestino que, como tantos outros, resolveu cedo buscar no “sul maravilha" as oportunidades negadas, por certo, em sua terra natal.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Santos
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Profº Jorge Lucena
Programa a Visão do Brasil
Mais Lidas