Publicidade
|
Galeria de Fotos Horóscopo Novelas Vídeos Email: redacao@fatoafato.com.br
Empreendedor Entrevistas Email: redacao@fatoafato.com.br
Editorial
PSDB e PSB de GBA juntos novamente?
03.01.2017 enviado às 22:17
Texto:

Caríssimo leitor;
 
Depois da eleição da Câmara Municipal de Guarabira, onde Neide de Teotônio (zenobista) e Marcelo Bandeira (girassol) foram eleitos presidentes para o primeiro e segundo biênios, há uma grande expectativa acerca da posição dos três vereadores do PSB quanto a administração do prefeito Zenóbio Toscano (PSDB).
 
Quando os três parlamentares (Renato Meireles, Marcelo Bandeira e Jáder Filho) decidiram romper com o PMDB, desmanchando acordo assinado com Zé Ismai (então candidato a presidente da CMG), a imprensa guarabirense observou um realinhamento político da ala ricardista com a zenobista.
 
O presidente do PSB local, Célio Alves, usou as redes sociais e, novamente com uma linguagem surreal, negou a aliança dos girassóis com Zenóbio. Viu-se, no comentário de Célio, esforço hercúleo para explicar o inexplicável. Mas, estar no seu papel negar aliança com o tucanato guarabirense. 
 
Pelo menos do ponto de vista numérico se poderia cumprir a palavra dada, já que o acordo com o PMDB consagrava Jáder Filho presidente para o segundo biênio, como ocorreu com Marcelo Bandeira na suposta aliança com o gestor guarabirense. E o desfecho que deixa dúvidas é o seguinte: Por que o PSB preferiu eleger uma candidata zenobista que fazer o mesmo com o do Grupo do PMDB?
 
Acredita-se (também pensa da mesma forma o radialista Fabiano Lima) que a sociedade guarabirense vá saber da verdade quando Zenóbio assinar a próxima levada do DOM (Diário Oficial do Município). Se alguém ligado ao girassol for contemplado na reforma do secretariado da Prefeitura de Guarabira, aí sim estará consolidada a aliança do PSDB com o PSB. 
 
Outro ponto que pode determinar a volta dos girassóis ao ninho tucano guarabirense é a posição a ser tomada por Jáder Filho, Marcelo Bandeira e Renato Toscano nos debates na Câmara Municipal. 
 
O povo de Guarabira, que é inteligente por natureza, já tem como certa a aliança do PSB com o PSDB. No entanto e pelo que negam os girassóis, os três vereadores estarão na oposição. Em suma, veremos se o óbvio dirá o contrário quando os próximos DOM forem assinados por Zenóbio.
 
Veremos!
 
Da Redação

Compartilhe:
 
Comentários
Confira também:

»Luís Pequinês, um guarabirense

»O poder e a criminalidade

»Impossível não reclamar

»As regras para 2018

»Ano bom, ano ruim

»Plantando na seca

»Sobre aplausos, breu e brilho

»Falta punição

»O péssimo exemplo do Tribunal de Justiça

»Compadrio e meritocracia

»A (in) sustentabilidade dos serviços, como os do INSS

»PEC 55: o voto a favor dos paraibanos e o efeito logo ali

»O tsunami Odebrecht

»Nem está fácil, nem vai ser...

»A bancada da Paraíba pediu socorro; Michel Temer mandou uma ambulância

»Gastos além dos limites

»Judiciário versus Legislativo: da crise política à crise institucional

 
 
Editorial do dia

Luís Pequinês, um guarabirense

Luís Paiva, antes de ser um guarabirense que se tornou conhecido e sem dúvida será lembrado por muito tempo, foi um nordestino que, como tantos outros, resolveu cedo buscar no “sul maravilha" as oportunidades negadas, por certo, em sua terra natal.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Santos
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Profº Jorge Lucena
Programa a Visão do Brasil
Mais Lidas