Publicidade
|
Galeria de Fotos Horóscopo Novelas Vídeos Email: redacao@fatoafato.com.br
Empreendedor Entrevistas Email: redacao@fatoafato.com.br
Colunista


Pr. Alexandre Rodrigues
Pastor da Sara Nossa Terra (Guarabira). Contato: pralexandre.snt@hotmail.com
O Dia do Evangélico: Uma data que deve repudiar a exclusão
01.12.2012 enviado às 11:14
Texto:

Ontem, 30 de novembro de 2012 foi comemorado o Dia do Evangélico, sancionado pelo então Presidente Luiz Inácio Lula da Silva através do projeto de Lei n° 12.328, de 15 de setembro de 2010 que instituiu oficialmente a data no calendário brasileiroa ser comemorada no dia 30 de novembro de cada ano. Data significativa uma vez que até pouco tempo atrás este era um segmento da população brasileira menosprezada pelo poder público.

Neste imenso país pode-se fazer quase tudo em nome da cultura e somos quase que obrigados a assistire ouvir tais aberrações e distorções diariamente,basta ligar a TV, o rádio ou ir tentar assistir alguma peça teatral, com financiamento do dinheiro público nossa nação foi tomada por shows e eventos tão difundidos pelas diversas secretarias de cultura.

Mas quando se tratava da música gospel não podia! Era proibido o governo investir em um gênero musical que exaltava os valores da família e da dignidade humana. Graças a Deus que era! Não é mais! Desde o dia 9 de janeiro de 2012 foi sancionado pela Presidente Dilma o projeto de Lei 12.590 de autoria do ex-deputado federal Bispo Rodovalho (Igreja Sara Nossa Terra) que transformou a música gospel em manifestação cultural viabilizando a partir da referida data o financiamento deste gênero musical, assim qualquer secretaria de cultura (como aconteceu ontem em Brasília, na Esplanada dos Ministérios) se quiser e houver vontade política pode incrementar esta comemoração com as mais renomadas atrações nacionais da música gospel.

Esperamos ansiosos esta nova administração municipal, para saber se nós evangélicos teremos o nosso espaço, ou se ouviremos que não existe verba na prefeitura para a realização de eventos desse tipo, econtinuarmosa vislumbrar a cada mês de janeiro o gasto de mais de meio milhão de reais em uma festa que beneficia apenas uma parcela da população.



Compartilhe:
 
Comentários
 
Confira também:

»Jesus é Deus?

»Jesus o criador de Adão e Eva!

» Reencarnação ou regeneração?

 
 
Editorial do dia

Recado mais que direto

O que aconteceu ontem na Assembleia Legislativa da Paraíba, até então, não fazia parte do cotidiano político do governador Ricardo Coutinho, pelo menos desde que este conseguiu a maioria esmagadora dos deputados para formar a ‘sua’ bancada. Sem a presença do líder Hervázio Bezerra, os parlamentares derrubaram dois vetos do socialista a projetos de lei. Um deles, por unanimidade.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Santos
Antonio Cavalcante
Justiça poética
Mais Lidas